Embrapa e Yara firmam parceria para promover aspectos sustentáveis da produção rural

Estatal poderá utilizar, em suas suas unidades, as soluções que a empresa norueguesa usa em campo

 

 

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a multinacional norueguesa Yara, de fertilizantes e nutrição de plantas, firmaram um acordo de cooperação geral para a promoção de iniciativas de impactos social, ambiental e de governança.

Com isso, a estatal poderá utilizar, em todas as suas unidades, as soluções que a Yara usa em campo, como ferramentas digitais para a aplicação de fertilizantes, recomendações nutricionais e de compartilhamento de dados coletados nas lavouras.

A parceria prevê o compartilhamento de ferramentas em todas as frentes de estudo em agricultura e pecuária da Embrapa para o desenvolvimento de soluções em ESG para apoiar pequenos e médios produtores e para enfrentar os efeitos das mudanças climáticas na agropecuária. A lista inclui técnicas de adubação, agricultura digital, instrumentação agrícola, monitoramento territorial e ambiental, bioprodutos, bioinsumos e energia renovável.

Na cerimônia de assinatura do acordo, realizada nesta terça-feira (5/3) a presidente da Embrapa, Silvia Massruhá, destacou a possibilidade de avanços em temas prioritários, como uso de bioinsumos na agricultura e a aplicação de soluções digitais no campo, a partir da parceria com a Yara.

Silvia convidou a multinacional a integrar um projeto de inclusão digital da Embrapa. A ação prevê a criação de dez distritos agrotecnológicos no país, com iniciativas de pesquisa, inovação, conectividade e capacitação.

“Nos locais onde tiver tecnologia de mercado, empresa ou startup que pode oferecer tal serviço, levaremos essa empresa lá para prestar o serviço e desenvolver os ecossistemas. Quando acabar projeto e a Embrapa sair, teremos ambiente economicamente viável”, contou.

Atualmente, Embrapa e Yara têm outras sete parcerias ativas. O acordo assinado nesta terça-feira é mais amplo, de cooperação geral e institucional entre as empresas.

Marcelo Altieri, presidente da Yara no Brasil, disse que um dos focos na empresa é ser líder em uso eficiente de nitrogênio. A partir da parceria com a Embrapa, a expectativa é dar escala a tecnologias de monitoramento da aplicação do fertilizante, como forma de auxiliar a adubação em doses e locais corretos para gerar menos custos e menos emissões no processo, apontou o executivo.

O embaixador da Noruega no Brasil, Odd Magne Rudd, disse que a parceria reforça o compromisso com a sustentabilidade ambiental e social e a cooperação entre os dois países.

“Além dos Estados Unidos e da Europa, o Brasil é o país mais importante para os investimentos noruegueses. Por isso, nosso foco são investimentos verdes”, disse na cerimônia. “Essa parceria de empresas líderes em seus segmentos não apenas demonstra o compromisso com um mundo melhor e mais justo, mas estabelece bases para o crescimento sustentável”, apontou.

fonte: Reportagem Globo Rural – Embrapa e Yara firmam parceria para promover aspectos sustentáveis da produção rural